sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Seis graus de separação ou como tudo está ligado a tudo

«É atribuída a Karinthy a primeira referência à Teoria dos seis graus de separação, que surge no texto com o nome original 'Cadeias', incluído na sua colecção de pequenas histórias 'Tudo é diferente' publicada em 1929. A personagem desta obra tenta, através de vários exemplos, mostrar que as pessoas estão ligadas por um pequeno número de ligações, o que veio a dar origem à célebre expressão 'seis graus de separação.»

In wikipédia

Leia-se mais por aqui.

Sem comentários:

Publicar um comentário